Facebook  RSS  Twitter

 

QUEM SOMOS

A Associação dos Comités Olímpicos de Língua Oficial Portuguesa (ACOLOP), foi fundada a 8 de Junho de 2004, em Lisboa. É uma organização não-governamental, constituída por 12 membros, que tem como principal objectivo reforçar a união e cooperação dos seus associados, através do Desporto.

 

A ACOLOP tem como fundadores os Comités Olímpicos de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Macau (China), Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe, Timor-Leste e Guiné Equatorial, este na qualidade de membro associado. Em Abril de 2006, passaram a integrar a ACOLOP os Comités Olímpicos da Índia e do Sri Lanka, com o estatuto de membros associados.

 

São missões da ACOLOP difundir os Ideais Olímpicos entre os seus membros, reforçar a cooperação entre os associados, seguindo os princípios da igualdade, respeito mútuo e convergência de interesses, e encorajar a colaboração para a definição de objectivos próprios e para a defesa de interesses comuns. Realizar acções de formação de quadros desportivos e estágios de preparação de atletas, desenvolver o Programa de Solidariedade Olímpica, com o apoio do Comité Olímpico Internacional, promover a colaboração ao nível das chefias de missão dos Jogos Olímpicos e apresentar candidaturas conjuntas a cargos na estrutura do Movimento Olímpico Internacional são igualmente objectivos da ACOLOP.

 

HISTÓRIA

A ACOLOP começou a ganhar forma em Fevereiro de 2004, em Atenas, com uma reunião do grupo de trabalho para a criação do que então se designou como Associação dos Comités Nacionais Olímpicos Lusófonos. Quatro meses depois, em Lisboa, concretizou-se uma aspiração antiga dos países e regiões que compõem o espaço lusófono: foi criada uma organização não-governamental que reúne os Comités Olímpicos e que visa permitir o reforço dos laços de amizade entre povos, bem como a promoção do Desporto e a difusão dos Ideais Olímpicos. Assim, no dia 8 de Junho de 2004, nasceu a ACOLOP – a Associação dos Comités Olímpicos de Língua Oficial Portuguesa. Integravam na altura o organismo os Comités Olímpicos de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Macau (China), Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe, Timor-Leste e Guiné Equatorial, este na qualidade de membro associado.

 

A Assembleia Constitutiva da ACOLOP, na capital portuguesa, foi o momento em que ficaram definidos os princípios e objectivos da Associação, tendo sido apresentados e apreciados os Estatutos. Foi ainda feita a eleição dos órgãos sociais e analisadas propostas para acções imediatas. Neste capítulo, Macau foi a região designada para acolher os 1.os Jogos da Lusofonia, evento multidesportivo que materializa o espírito da ACOLOP, e que viria a ter a edição inaugural em Outubro de 2006.

 

Ainda durante o ano de 2004, a ACOLOP teve a 2.ª Assembleia-Geral, desta feita em Atenas, em Agosto. Foram aprovados os Estatutos bem como seis modalidades do programa desportivo dos 1.os Jogos da Lusofonia. Definiu-se, também, uma primeira data para o evento, ao ser escolhido o ano de 2006. Poucos meses mais tarde, em Janeiro de 2005, a Comissão Organizadora dos 1.os Jogos da Lusofonia, Macau 2006, deu início à sua actividade.

 

A 3.ª reunião magna da ACOLOP realizou-se na Região Administrativa Especial de Macau, corria o mês de Julho de 2005. Foi desta Assembleia-Geral que resultou o nome oficial “1.os Jogos da Lusofonia”. Ao nível da constituição dos órgãos sociais, foi designado Gustavo da Conceição como Secretário-Geral da ACOLOP. No aspecto das competições, o voleibol passou a integrar a lista de modalidades dos Jogos e decidiu-se que o futebol seria na categoria de sub-23. Foi também nesta reunião que se optou pela transferência da sede da associação para Macau.

 

Foi em Macau que se realizou também a 4.ª Assembleia-Geral da ACOLOP, desta feita para decidir a data dos 1.os Jogos da Lusofonia: de 7 a 15 de Outubro de 2006. Foram nomeados Rogério da Silva e Mário Viegas Carrascalão como delegados para apoiar a Comissão Organizadora dos 1.os Jogos da Lusofonia, Macau 2006. Nesta reunião realizada em Novembro de 2005, foi ainda inaugurada a página oficial dos Jogos da Lusofonia.

 

Uns meses depois, em Abril, na cidade coreana de Seul, os membros da Assembleia-Geral estiveram reunidos pela quinta vez. Este encontro conduziu ao alargamento da Associação, com a entrada dos Comités Olímpicos da Índia e do Sri Lanka, com o estatuto de membros associados. Entre outras matéria, foi aprovado o slogan “4 Continentes, 1 Língua, Unidos pelo Desporto” e o nome “Leo” para a mascote dos Jogos.

Em Outubro de 2006, mais de setecentos atletas chegaram a Macau para participar na edição inaugural dos Jogos da Lusofonia. Na mesma altura, realizaram-se mais duas Assembleias-Gerais e houve eleições para a ACOLOP. Já em Fevereiro de 2007, foi inaugurada a sede da Associação em Macau, numa cerimónia em que tomaram posse os actuais órgãos sociais.

 

O resto da história continua a escrever-se todos os dias.